Início de implementação do projeto "Aldeias de Portugal - Consolidação e Replicação Nacional"

31/03/2022 a 31/07/2022

Projeto: ALDEIAS DE PORTUGAL Consolidação e Replicação Nacional

A ADDLAP integra o projeto ALDEIAS DE PORTUGAL Consolidação e Replicação Nacional e vai implementá-lo nos 5 concelhos da sua área de intervenção: Oliveira de Frades, São Pedro do Sul, Vila Nova de Paiva, Viseu e Vouzela.

Trata-se de um projeto de cooperação, no âmbito da medida 10.3 Cooperação dos Grupos de Ação Local (GAL), do Desenvolvimento Local de Base Comunitária sendo desenvolvido em parceria com os 16 GAL a nível nacional.
O início da sua implementação, no terreno, ocorreu no dia 31 de março, com a visita a 2 aldeias, designadamente Pendilhe, do concelho de Vila Nova de Paiva e Várzea de Calde, do concelho de Viseu. São as primeiras de um total 5 a serem classificadas, no território, segundo os princípios definidos pela ATA Associação Turismo de Aldeia.
Nestas visitas estiveram presentes as técnicas da ADDLAP, da ATA, dos municípios envolvidos, Vila Nova de Paiva e Viseu, juntas de freguesia e a comunidade das aldeias de Pendilhe e de Várzea de Calde, que irão estar envolvidas nos trabalhos futuros de desenvolvimento do Plano da Aldeia, a implementar por um período de 4 anos.
Realizou-se um périplo pelos principais pontos de interesse e uma reunião com a equipa de trabalho. Pretendeu-se envolver e mobilizar a comunidade da aldeia, partilhar oportunidades, lançar desafios, inventariar elementos identitários, recursos existentes, bem como definir futuras fases de trabalho, por forma a definir o plano de valorização para a aldeia, com o envolvimento das forças vivas da aldeia.
O Objetivo Principal do projeto de cooperação "Aldeias de Portugal - Consolidação e Replicação Nacional" é a valorização do Património Cultural dos Territórios Rurais, reforçando o tecido demográfico das regiões mais isoladas e desta forma, tornar possível a promoção da inclusão social e combate à pobreza nestes territórios. Promover estas Aldeias e capacitar as suas comunidades, permitirá consolidar a rede "Aldeias de Portugal", alargando a sua representatividade a nível nacional e o espectável impacto social.