Outros projetos de cooperação

Registado em 2015-04-13 14:40:40. Última alteração a 2017-03-17 16:23:46.

1. GRUPOS OPERACIONAIS

(Ao abrigo do PDR 2020, Medida 1 – Inovação; Ação 1.1 – Grupos Operacionais)

No sentido de enriquecer a cooperação entre agentes locais do sistema produtivo do setor agrícola e o sistema cientifico e tecnológico, a ADDLAP promoveu o estabelecimento de parcerias no âmbito desta Medida do PDR2020. Neste momento aguardam-se os resultados das candidaturas realizadas com os seguintes Projetos:

 

 - PROJETO WASTE2VALUE

Consiste na integração da valorização de subprodutos da atividade agrícola na produção de alimentos compostos para animais, plásticos biodegradáveis e tratamento de efluentes de animais. A ADDLAP é a entidade coordenadora do Grupo Operacional que integra mais 8 entidades: IPV/Escola Superior Agrária; Universidade de Aveiro; Ervital, Silvex; Ovargado; Ancose; Indumap; Vasco Rocha Pinto.

 

 - PROJETO CoEmb.QUEIJO

Consiste no aproveitamento de produtos naturais com atividade antimicrobiana para utilização em queijos (especialmente para os de denominação de origem) através da obtenção, caraterização e testagem de extratos de tomilho bela-luz (Thymus mastichina L.) para controlo do desenvolvimento de bactérias, bolores e leveduras para colmatar o problema da conservação de queijos de pequenos ruminantes, incluindo os queijos DOP da região Centro. O IPV/Escola Superior Agrária é a entidade coordenadora e a ADDLAP integra a parceria com mais 10 entidades: IPV/Escola Superior Agrária, IPCB - Instituto Politécnico de Castelo Branco; Universidade Católica Portuguesa (Viseu); Instituto Politécnico de Coimbra;  CATAA – Associação Centro de Apoio Tecnológico Agroalimentar; Lacticínios Correia & Barreiras, Lda., Sabores e Ambientes Serra da Estrela, Comercialização de Produtos Tradicionais, Lda.; Terras de Sicó – Associação de desenvolvimento; ANCOSE – Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela; BEIRALACTE – Lacticínios Artesanais da Beira Baixa, Lda.

 

2. REDE RURAL NACIONAL (RRN)

(PDR2020, Assistência Técnica, Ação 20.2.2 – Divulgação e Informação e Ação 20.2.4 – Inovação – Observação da Agricultura e dos Territórios Rurais)

No quadro da RRN, a ADDLAP é parceiro em três projetos candidatados e dos quais se aguardam os resultados dessa candidatura:

 

 - REDE LEADER 2020: QUALIFICAR, COOPERAR, COMUNICAR

Este projeto procura capitalizar a experiência e o trabalho desenvolvido pela Federação Minha Terra, os GAL e a DGADR/RRN, entidades que desde sempre têm acompanhado os trabalhos de preparação e arranque das ações a implementar no âmbito do PDR2020. Os parceiros são a Federação Minha Terra, DGADR/RRN e os GAL Rurais associados da FMT.

 

 - DESAFIAb – Desafiar a agricultura familiar a inovar pela agricultura biológica

O projeto pretende atuar junto de pequenos agricultores/agricultores familiares, por forma a avaliar as necessidades de inovação ao nível dos procedimentos técnicos e tecnológicos e identificar semelhanças (proximidade) com o modelo de itinerário técnico teórico adotado em agricultura biológica e os constrangimentos técnicos, económicos e sociais que potenciem a transição para a agricultura biológica. Os parceiros são: IPV/Escola Superior Agrária, Universidade do Porto, Associação A3S, ADDLAP, AderSousa - Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa, ADD - Associação de Desenvolvimento do Dão, ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave.

 

 - MOBINOV - MOBILIZAR PARA A INOVAÇÃO NO SETOR AGROFLORESTAL DO TERRITÓRIO DÃO-LAFÕES.

O projeto pretende reunir informação sobre a produção agrícola, florestal e agroalimentar da região Dão-Lafões, suas insuficiências, vantagens e oportunidades, a existência de inovação e/ou Boas Práticas e a necessidade de valorização e incorporação de inovação na cadeia de valor. A informação recolhida será sistematizada e integrada de forma a potenciar a transferência de conhecimento e a gerar novas ideias e iniciativas empresariais com suporte em novas redes de colaboração com vista a gerar e fomentar uma dinâmica de inovação. Os parceiros são: IPV/Escola Superior Agrária, AABA-Associação de Apicultores da Beira Alta, ACGBA-Associação de Criadores de Gado da Beira Alta, ADDLAP, DRAPC-Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro, Fenafrutas-Federação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Horto Fruticultores, Universidade de Aveiro, Verdelafões - Associação de Produtores Florestais.

 

3. PROJETOS DE COOPERAÇÃO NO ÂMBITO DOS PO REGIONAIS

A ADDLAP integra os consórcios de três Estratégias de Eficiência Coletiva –  PROVERE, no âmbito das NUT II – Região Centro e Região Norte:

 

 - PROVERE TERMAS

Projeto dinamizado pela Associação Termas de Portugal com o objetivo de promover e dinamizar o recurso Termas, envolve diferentes parceiros, nomeadamente: autarquias, ensino superior, GAL, unidades termais, empreendimentos termais, agentes hoteleiros, representantes da hotelaria e restauração, entre outros.

 

 - PROVERE- iNATURE

Projeto dinamizado pela Agência de Desenvolvimento Gardunha 21, com o objetivo do desenvolvimento e consolidação do turismo de natureza através dos valores de património natural da região Centro, envolve diferentes parceiros, nomeadamente: autarquias, ensino superior, GAL, empreendimentos turísticos, associações ligadas ao ambiente, agentes hoteleiros, representantes da hotelaria e restauração, entre outros.

 

 - PROVERE - MONTANHAS MÁGICAS

Projeto dinamizado pela ADRIMAG – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira, pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido na 1ª fase do programa, visando a consolidação deste território como destino turístico de excelência, nas vertentes do ECOTURISMO, do GEOTURISMO e do TURISMO ATIVO, complementado por uma qualificada oferta nas áreas do Turismo Cultural e Paisagístico, da Gastronomia e Vinhos e da Saúde e Bem-Estar, envolve diferentes parceiros nomeadamente: autarquias, ensino superior, GAL, agentes de turismo ativo , empreendimentos turísticos, agentes hoteleiros, representantes da hotelaria e restauração, entre outros.

 

4. LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO SÓCIO-TERRITORIAL

O Laboratório de Inovação Sócio Territorial (LIST) é uma iniciativa que junta a Associação de Desenvolvimento Dão, Lafões e Alto Paiva (ADDLAP) e as três instituições de ensino superior da região de Viseu: Instituto Piaget (IP), Instituto Politécnico de Viseu (IPV) e Universidade Católica (UC).

A sua missão decorre da diversidade e da complexidade deste território e foca-se na construção de processos de inovação sócio territorial e de projetos de investigação aplicada ao serviço do desenvolvimento local, na produção e partilha de informação e no estímulo à iniciativa local.

Para mais informação, clique aqui. 

 

5.  SMARTFARMER LOCAL DÃO, LAFÕES E ALTO PAIVA

Projeto ao serviço da dinamização dos circuitos curtos agroalimentares na região, no qual a ADDLAP irá desenvolver as atividades inerentes às suas funções de entidade gestora da plataforma informática “Smartfarmer Local Dão, Lafões e Alto Paiva”. Esta plataforma é uma ferramenta inovadora para o desenvolvimento rural e crescimento económico que foi criada com o objetivo de potenciar os circuitos curtos agroalimentares e os mercados de proximidade através, entre outros, da promoção da venda de produtos de pequenos produtores. Os principais parceiros envolvidos são a OIKOS e a Fundação Vodafone Portugal.

Brevemente daremos mais informações.

 

6. CIM VISEU DÃO LAFÕES

A ADDLAP integra, no âmbito da CIM, as seguintes Redes da região:

 - Rede "Coesão Social"

A Rede define-se como uma plataforma de conhecimento, de competências, de cooperação e de intervenção, decisiva para a promoção da inclusão social, da empregabilidade e do combate à pobreza e vulnerabilidades económicas e sociais, tendo em vista o desenvolvimento coeso e sustentado do território.

Esta Rede tem como missão ser uma parceria competente e empenhada, garantindo a relevância e a eficácia dos projetos concebidos e a executar no âmbito do PDCT "Viseu Dão Lafões 2020", bem como animando, dinamizando, suportando e monitorizando intervenções estruturadas e sistémicas, concebidas e desenvolvidas na região.

Para este efeito, a Rede “Coesão Social” é constituída por um conjunto de catorze parceiros da região VDL que procurará intervir em torno de três ixos fundamentais:

. Construir e dinamizar o projeto âncora “Centro de Recursos para a Inclusão Social”;

. Promover a complementaridade dos projetos municipais orientados para grupos socialmente vulneráveis;

. Dinamizar projetos orientados para o emprego e qualificação de públicos vulneráveis.

 

 - Rede “Emprego, EMPRESAS e Empreendedorismo” (E3VDL)

À semelhança das outras Redes, a E3VDL será uma plataforma de conhecimento, de competências, de cooperação e de intervenção, decisiva para a promoção do emprego, do desenvolvimento empresarial e do empreendedorismo em Viseu Dão Lafões, tendo em vista o desenvolvimento sustentado deste território.

Para o efeito, a Rede E3VDL é constituída por duas dezenas de parceiros  que procuram intervir em torno das três áreas do emprego, do apoio ao desenvolvimento empresarial e ao empreendedorismo.

 

 - Rede “QUALIFICAÇÃO E MERCADO DE TRABALHO”

Os objetivos desta Rede prendem-se com a necessidade da promoção da relevância e da eficácia da oferta formativa tendo em vista a competitividade e o desenvolvimento coeso e sustentado do território.

Para o efeito, a Rede é constituída por dezassete parceiros e procurará intervir em torno de três preocupações fundamentais:

. Construção e dinamização de uma estratégia de formação inicial e contínua (adultos e jovens) para a região;

- Promoção da complementaridade dos projetos municipais com impacto previsto na empregabilidade;

- Propor projetos orientados para o emprego e qualificação de públicos vulneráveis que possam ser discutidos e dinamizados no âmbito da Rede “Coesão Social”.